sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Bombeiros de Ferreira do Zêzere precisam de 260 mil euros

Realizou-se na sede da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ferreira do Zêzere um Conselho Consultivo convocada pelo Presidente da Assembleia Geral, Luís Pereira. Participaram: a Câmara Municipal, órgãos sociais atuais, antigos Diretores, atual Comandante e antigos Comandantes, Presidentes de Junta e representante do Clero.
O assunto era "No seguimento das fatalidades ocorridas nesta Associação Humanitária no passado Sábado dia 4 de Agosto e com o intuito de se encontrar uma solução para os prejuízos dos equipamentos destruídos e análise da situação."
Todos os elementos se mostraram preocupados e disponíveis para colaborar.
O Presidente da Câmara Jacinto Lopes afirmou que está disponível para apoiar e levará o assunto à próxima reunião do executivo para que se aprove alguma verba, assim como apresentará aos Presidentes do Médio Tejo o problema do carro de comando que era utilizado por todos e que deverá agora ter a colaboração dos 13 municípios. Anunciou que Já existem alguns empresários dispostos a apoiar na reconstrução da garagem e defende que no próximo aniversário dos Bombeiros em abril, se apresentem as novas viaturas. 
Para que tal aconteça são necessários cerca de 260 mil euros para a aquisição e recuperação das viaturas afetadas.
Para além da conta solidária já existente na Caixa Geral de Depósitos, foram ainda sugeridos peditórios nas freguesias com apoio das Juntas e pedido de apoio a empresas do concelho.
Hugo Azevedo, Sérgio Morgado e Pedro Alberto, Presidentes das Freguesias de Areias e Pias, Águas Belas e Ferreira do Zêzere referiram ao Região do Zêzere que já apresentaram a situação aos seus executivos e já aprovaram verbas para esta causa. Estão disponíveis para percorrer as localidades com os Bombeiros. 
Luís Lopes, da Liga dos Bombeiros acredita que a Autoridade Nacional de Proteção Civil também deverá apoiar na aquisição de equipamento para o novo carro de comando, tantas vezes utilizado por todo o país.
Manuel António, antigo Presidente da Direção, referiu o quanto custou arranjar estes veículos e salientou a sua importância, tanto o de comando como o auto tanque que permite o transporte de água potável.
Presidente da Direção Carlos Ideias fez um balanço da reunião e apelou a solidariedade dos Ferreirenses.
O Comandante Pedro Carraço referiu que está a elaborar um relatório sobre o acontecimento, que será público e que completará as informações da Polícia Judiciária. Disse ainda que as viaturas são muito necessárias  e que em caso de necessidade terá de se pedir a alguma corporação vizinha ou alugar.