quinta-feira, 10 de maio de 2018

Dia da Espiga por Vitor Silva


Neste dia 10 de maio celebra-se o Dia da Espiga.
O Dia da espiga ou Quinta-feira da espiga é uma celebração portuguesa que ocorre no dia da Quinta-feira da Ascensão.
Foi tradição, de manhã cedo, rapazes e raparigas sairem para o campo apanhar a espiga e flores campestres. Formava-se um ramo com espigas de trigo, rosmaninho, malmequeres e folhagem de oliveira que pode incluir centeio, cevada, aveia, margaridas, pampilhos e papoilas. Depois, o ramo era guardado ao longo de um ano, pendurado algures dentro de casa.
É crença do povo que a espiga apanhada na quinta-feira da Ascensão proporciona felicidade e abundância no lar. Aliás, a espiga de trigo propriamente dita representa a abundância de pão, o ramo de oliveira simboliza a paz, as flores amarelas e brancas respectivamente o ouro e a prata que significam a fartura e a prosperidade.
Alguns Provérbios populares alusivos a este dia:
“Da Páscoa à Ascensão,40 dias vão.”
“Quem tem trigo da Ascensão, todo o ano terá pão.”
“Se chover na Quinta-feira da Ascensão, as pedrinhas darão pão.”
Em outros tempos, era costume na cidade, as moças que estavam de criadas de servir, ainda arreigadas a antigas usanças das suas terras de origem, pedirem às patroas para que lhes concedessem licença nesse dia para irem apanhar a espiga … não raras as vezes, um bom pretexto para irem ao encontro do namorico, pois quase sempre apenas tinham permissão de folga ao domingo. Aliás, devido em grande medida à liberdade que a festa proporcionava aos jovens nesse dia, a apanha da espiga adquiriu bem depressa um sentido mais malicioso sempre que as pessoas a ela se referem....


VITOR SILVA