terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Xmas Jam Session de wakeboard em Ferreira do Zêzere

No próximo dia 16 de Dezembro a Wakeboard Portugal irá realizar uma “Xmas Jam Session” de wakeboard no Cablepark do Lago Azul, Ferreira do Zêzere.
O wakeboard tem vindo a crescer no panorama nacional contando já com bastantes adeptos Portugueses e muitos atletas internacionais que visitam a região pela qualidade das condições para a prática da modalidade. 
Para todos os participantes desta sessão natalícia, o dia irá começar com o check-in e treinos pela manhã (10h às 12h) seguidos da jam session pelas 13 horas. No final do dia serão entregues os prémios aos vencedores e o evento termina pelas 20 horas com um jantar no Maven Café, situado na margem do Lago Azul. 
As inscrições, limitadas e com um valor de 30€ por pessoa, poderão ser efectuadas online em http://bit.ly/2noRm3d. Esta iniciativa conta com o apoio da WWA Portugal, Maven, Janga, Skateplaza, Explazeite e Moisushi. Para mais informações visitem o facebook da Wakeboard Portugal (https://www.facebook.com/wakeboardportugalresort/) ou contactem directamente através do 919104063. 



Sobre a Wakeboard Portugal 
A Wakeboard Portugal é uma marca que visa tornar Portugal no cluster europeu da modalidade e Castelo do Bode num destino de excelência a nível internacional para a prática de Wakeboard. O nosso clima e envolvente paisagística tornam o local perfeito para a prática da modalidade e esta região num destino de excelência para praticantes, seguidores e fãs do mundo todo. A missão do projeto Wakeboard Portugal é tornar a prática da modalidade mais acessível, construindo ao mesmo tempo um excelente destino turístico internacional. Um conceito de Wakeboard mais acessível, mais ecológico e desafiante. Os municípios de Abrantes, Ferreira do Zêzere, Sertã, Tomar e Vila de Rei, a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, a Turismo do Centro, o Turismo de Portugal e a Associação Portuguesa de Wakeboard e Wakeskate (APWW) em consórcio com a EIPWU (criadores dos projetos 7 Maravilhas) uniram-se na promoção deste novo destino através do wakeboard, um desporto que está em ascensão em todo o mundo. 
Para mais informações visitem www.wakeboardportugal.com

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Noite de fados em Paio Mendes

A Associação Cultural de Melhoramentos, Desportiva e Bem Estar Social de Paio Mendes vai promover no próximo sábado, 16 de dezembro a 4ª Noite de Fados com jantar.
Reserve o seu lugar pelos contactos indicados no cartaz e poderá escutar as fadistas Susana Cardoso, Carolina Gomes e Ana Paula.


Estátuas vivas em Ferreira do Zêzere

Esta segunda-feira, Ferreira do Zêzere presenciou a um espetáculo de estátuas vivas no Mercado Municipal de Ferreira do Zêzere. Foram apresentadas as pernonagens: "Rainha do Gelo" e "Ebenezer Scrooge"  do Conto do Natal de Charles Dickens.
Fotografias: Gabriela Maia




Entrevista a Manuel Nunes, Presidente da Junta de Freguesia de Nossa Senhora do Pranto

A Freguesia de Nossa Senhora do Pranto resulta da junção das Freguesias de Dornes e Paio Mendes e teve nas últimas eleições autárquicas uma viragem política a favor do Partido Socialista.
Manuel Nunes é o novo Presidente desta Freguesia que solares e monumentos classificados, uma Filarmónica, um grupo de Cantares e um Grupo de Concertinas e outras coletividades que vão merecer o apoio da Junta de Freguesia.
Dornes, antiga vila com foral de D. Manuel, é uma das Maravilhas de Portugal e é intenção do executivo dar apoio ao turismo e aos milhares de peregrinos que todos os anos visitam o Santuário de Nossa Senhora do Pranto, muitos em círios.
A Primeira medida foi encerrar os velhos sanitários públicos para fazer obras em breve. Para os substituir foram abertos os sanitários junto à Igreja.
Conta apoiar o museu na Torre Pentagonal e o futuro Museu do Santuário de Nossa Senhora do Pranto promovido pela Igreja.
Nascem poucas crianças na freguesia e a  população é muito idosa. Manuel Nunes, que também pertence à Associação de Melhoramentos de Pias, que coordena O Centro de Acolhimento de Crianças em Risco da Frazoeira, revelou ao Região do Zêzere que esta Associação tem o aval da Caixa Geral de Depósitos no empréstimo de um milhão de euros para o recomeço das obras no Lar e Centro de Dia.
Fique a saber que Os feirantes em Dornes vão ter novas regras e que há ideias para dinamizar o mercado do Carril.
A Saúde é uma batalha antiga, está neste momento serenada, a população espera contar com médio de família e serviço de enfermagem.
Na área da Freguesia tem a maior empresa do concelho, a Zêzerovo é uma das empresas que suportam a "Capital do ovo".
Conheça em detalhe os projetos da Junta de Freguesia de Nossa Senhora do Pranto nesta entrevista.












História

Paio Mendes é uma localidade portuguesa do concelho de Ferreira do Zêzere, com 8,58 km² de área e 495 habitantes (2011)[1]. Densidade: 57,7 hab/km². Antigamente chamada São Vicente de Paio Mendes, pertenceu ao concelho de Dornes até à sua extinção em 6 de novembro de 1836 passando a integrar o município de Ferreira do Zêzere. Foi sede de uma freguesia extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, para, em conjunto com Dornes, formar uma nova freguesia denominada Nossa Senhora do Pranto com a sede em Frazoeira.

Dornes

Terra muito antiga, será mesmo anterior à fundação da nacionalidade, como o atestam os monumentos e os vestígios arqueológicos que por aqui se têm encontrado. Já na primeira dinastia alguns documentos que lhe fazem referência, sendo documentada a presença de um religioso de Dornes no Foral de Arega, em inícios do século XIII.

Ainda no século XIII há referências à Comenda Templária de Dornes.

Mais tarde, no século XV, Dornes, enquanto Comenda Mor da Ordem de Cristo teve por Comendador D. Gonçalo de Sousa, homem muito influente, da Casa do Infante D. Henrique, e que aqui mandou construir, em 1453, a Igreja de Nossa Senhora do Pranto. Este local de culto deu à povoação, parte da importância que esteve na origem, em 1513, da atribuição do Foral Manuelino.

Aqui nasceram, um século mais tarde, muitos dos heróicos combatentes que por volta de 1650, durante a Guerra da Restauração, se bateram nas fronteiras para assegurar a independência nacional.

Da economia das gentes de Dornes, destacaremos a produção e comercialização da madeira de castanho, tradição que já encontramos descrita desde o século XIV e que se manteve até finais do século XIX. Também no Século XIX, a reforma de Rodrigo da Fonseca, veio extinguir o concelho de Dornes, integrando-o desde 1835, no concelho de Ferreira do Zêzere.

Do século XIX para cá, Dornes tem sido um polo de atracção turística e a sala de visitas do concelho de Ferreira do Zêzere em função das suas paisagens deslumbrantes sobre o Zêzere e também em virtude da grande carga histórica e monumental que as suas aldeias encerram. De entre os visitantes ilustres, destaca-se Alfredo Keil que em 1890, estando hospedado na Estalagem dos Vales, ensaiaria com a então Sociedade Filarmónica Carrilense a primeira orquestração da marcha: "A Portuguesa", sendo por isso o Carril um dos berços do actual hino nacional de Portugal.


In: Wikipédia


domingo, 10 de dezembro de 2017

Passagem de Ano na Quinta da Fonte

Já sabe onde passar as últimas horas de 2017 e as primeiras de 2018?
A Quinta da Fonte em Paio Mendes, Ferreira do Zêzere propõe-lhe muita diversão com boa música, um excelente menu do cocktail de boas vindas, jantar, passagem de ano, buffet de Ano Novo, e despedida. Tudo isto com bar aberto e ar condicionado.
Não perca tempo faça já a reserva 96 254 85 20.


Festival da Canção Jovem Católica - Conheça a nossa canção c/ vídeos

O Pavilhão Municipal de Ferreira o Zêzere esteve cheio de cristãos da diocese de Coimbra para assistirem ao 22º Festival da Canção Jovem Católica, organizado pela equipa do Padre Filipe Diniz do Secretariado da Pastoral Juvenil.
Participaram 11 grupos de toda a diocese que atuaram por ordem sorteada e qnquanto o Júri decidia uma banda do Secretariado cantou várias canções conhecidas.
No final veio o momento aguardado.
Em 3º lugar ficou o Grupo "Destinados", em 2º os "Sempre a abrir" e em 1º o Grupo "Yamen".
Muitos parabéns aos jovens da Unidade Pastoral de Águas Belas, Ferreira do Zêzere, Igreja Nova do Sobral e Pias,  João Marmelo, Rúben Salteiro, Filipe Godinho, Duarte Santana, Rita Cotrim, Mariana Corda e  Jéssica Mateus pela forma como representaram o nosso concelho.
Parabéns à organização e a todos os jovens. Para o ano há mais.


















Domingo

No tempo dos primeiros Cristãos, Evangelho não significava um livro, mas uma palavra de origem Grega cujo significado se relacionava com um anuncio de uma Boa Nova, como por exemplo, o anuncio de uma vitoria numa batalha importante. O Evangelho de Marcos, neste segundo domingo do Advento, no seu primeiro capitulo e nos seus primeiros oito versículos, inicia do seguinte modo; inicio do Evangelho de Jesus Cristo. Inicio é algo que surge do Livro dos Genesis, com qual com o qual deu início à criação. 
Com o inicio do seu Evangelho, Marcos apresenta a proclamação de uma boa noticia; há o inicio de uma nova criação. Podemos dizer que é boa noticia, que Marcos quer transmitir aos seus ouvintes, agora seus leitores, depois do anúncio oral, o testemunho escrito. O Evangelho é boa noticia que Cristo trás e que não desilude como a noticia dos imperadores romanos, que muitas vezes transportavam demagogia e desilusão, a boa noticia de Jesus é libertadora. Olhamos para esta mensagem e percebemos que somos convidados a ser em toda a parte boas noticias, que aqueles que se cruzam connosco leiam o Evangelho na nossa vida, que sejamos Evangelho boa noticia. 
Cristo veio batizar no Espirito diferenciando-se assim de João o Batista que batizava nas aguas do Jordão. Levamos esse batismo do Espirito em nós que os gestos de humanização que o acolhimento e o encontro com cada ser humano que a nossa ação preferencial pelos mais pobres nos façam Evangelho boa noticia. 



Que a nossa amizade leal e verdadeira gere cultos de confiança que sejamos sempre boa noticia. Senhor, que nas agendas da vida que cada um de nós se encontre na coluna daqueles com quem se pode contar, que nenhum de nós seja obstáculo, mas sempre ajuda e proposta libertadora. Ensina-nos a ser Evangelho na cidade e no mundo que nos é dado viver.
D. Francisco Senra Coelho

In: Rádio Renascença

sábado, 9 de dezembro de 2017

Padre Filipe Diniz convida Ferreirenses c/ víedo

O novo Diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil, o Padre Filipe Diniz, está hoje novamente em Ferreira do Zêzere a organizar o Festival da Canção Jovem Católica.
O evento realiza-se no Pavilhão Municipal e vai contar com a participação de 11 grupos da Diocese de Coimbra.
Neste momento está a ser montado o sistema de som e luz profissional para que nada falhe neste importante evento diocesano.
O festival começa às 21h00 e a entrada custa 3€.
O Padre Filipe Diniz falou ao Região do Zêzere deste 22º Festival e espera a presença dos Ferreirenses no Pavilhão a apoiar todos os jovens.
A Unidade Pastoral de Águas Belas, Ferreira do Zêzere, Igreja Nova e Pias também está representada com um grupo.


Falecimento de Pedro José Barata Nunes de Águas Belas



Falecimento de Pedro José Barata Nunes de Águas Belas, com 86 anos.
Mais pormenores na Página OBITUÁRIO

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Começa hoje a festa na Ereira

Realiza-se hoje e amanhã na Ereira, freguesia de Nossa Senhora do Pranto, a tradicional festa em honra de N. S. Da Conceição.
A Eucaristia é às 14h00 seguida de procissão.
O concerto da Filarmónica Frazoeirense será às 16h00, seguido da atuação do Grupo de Cantares do Zêzere e do Grupo os unidos da concertina. À noite o baile será com o Grupo Império.
Amanhã, dia 9, o Grupo de Concertinas de Vila de Rei atua às 19h00 e o baile será com o grupo Duo T&S.






Dia da Imaculada Conceição

Senhora de dezembro,
Maria, minha Mãe,
Passa hoje o dia
Da tua Imaculada Conceição.

Senhora de dezembro,
Dos dias frios e frágeis,
Dos passos firmes e ágeis,
Do coração que velava
À espera de quem te amava.
Assim te entregaste a Deus,
De coração inteiro,
Como um tinteiro
Todo derramado numa página.
Tu és a mais bela página de Deus,
A Deus doada, apresentada, dedicada,
Mãe da vida consagrada,
Imaculada,
Ensina-me a tua tabuada,
A tua alegria 
Não programada,
A luz do Evangelho que te aquece e alumia.
Eu te saúdo, Maria,
Neste dia da tua Imaculada Conceição.
Ave-Maria.

D. António Couto

In: Rádio Renascença

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Ofertas de emprego em Ferreira do Zêzere e na região

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo divulgou uma lista de todas as ofertas de emprego do CEFP MT - Centro de Emprego e Formação Profissional do Médio Tejo. Esta lista é atualizada semanalmente pela  CIMT em articulação com a equipa do CEFP MT. Anote o número da oportunidade que lhe interessa e contacte os Serviços de Emprego da região (Tomar, Abrantes, Torres Novas e Sertã).
Ofertas de Emprego no Médio Tejo


O Centro de Emprego e Formação Profissional do Médio Tejo está inserido na Delegação Regional de Lisboa e Vale do Tejo e tem como área de intervenção os concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Sertã, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha, Vila de Rei.
Moradas dos Serviços de Emprego do Médio Tejo:
Abrantes - Rua D. António Prior do Crato - 2200-086 Abrantes  (abrangeno Médio Tejo os concelhos de Abrantes, Constância, Mação e Sardoal).
Coordenadas GPS: 39°27’53.92” N, 08°12’37.76” W
Telefone: 241379820  Fax: 241379821

Tomar –Rua de Santa Iria nº 38, 2300 Tomar ( abrange no Médio Tejo os concelhos de Tomar, Ferreira do Zêzere e Ourém) .
Coordenadas GPS: 39°36’7.25” N, 8°24’31.45” W
Telefone: 249310280  Fax: 249310281

Torres Novas –Rua 25 de Abril nº 4, 2350 Torres Novas (abrange no Médio Tejo os concelhos de Torres Novas, Entroncamento, Alcanena e Vila Nova da Barquinha).
Coordenadas GPS: 39°28'57.19" N,   8°32'20.68" W
Telefone: 249830630   Fax: 249830639

Sertã - Travessa do Ramalhosa, 6100 Sertã  (abrange no Médio Tejo os concelhos da Sertã e Vila de Rei)
Coordenadas GPS: 39°48'20.46" N,  8° 6'0.68" W
Telefone: 274603546  Fax: 274602316

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Festival Diocesano da Canção Jovem este sábado em Ferreira do Zêzere c/ vídeo

O Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil vai organizar no próximo sábado, 9 de dezembro,  a 12ª edição do Festival da Canção Religiosa este ano e pela primeira vez no Pavilhão Municipal de Ferreira do Zêzere a partir das 21h00. A Eucaristia será às 18h00.
Vai contar com a presença de 11 grupos da Diocese de Coimbra. Serão 71 jovens que apresentarão canções com música e letras inéditas sob o tema proposto, "Eis o teu filho" (João 19).
O concelho de Ferreira do Zêzere vai estar representado por um grupo da Unidade Pastoral de Águas Belas, Ferreira do Zêzere, Igreja Nova do Sobral e Pias.
Hugo Pereira da organização fez o convite aos Ferreirenses.
Parabéns.




terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Festa da Ereira, 8 e 9 de dezembro


Aproxima-se os festejos em honra de Nossa Senhora da Conceição em Ereira. Trata-se de uma festa que se realiza em pleno inverno no dia 8 de Dezembro, este ano será a 8 e 9 de Dezembro. Para aquecer o ambiente existe uma grande fogueira , e outra mais pequena no recinto. A maioria do espaço da festa é coberto logo não existe problemas caso chova. Temos também para aquecer o famoso vinho novo. Vamos ter também o tradicional frango assado em carvão branco.
Não faltem!
Contamos convosco!

A Comissão de festas


segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Entrevista a Pedro Alberto, Presidente da Junta de Freguesia de Ferreira do Zêzere

Esta segunda-feira o Região do Zêzere, Blog de informação e atualização diária do concelho de Ferreira do Zêzere, entrevista Pedro Alberto, Presidente da Junta de Freguesia de Ferreira do Zêzere. A sua equipa foi reeleita nas últimas eleições e está a cumprir o 3º e último mandato.
É a freguesia mais populosa do concelho.
Apesar dos idosos serem maioria, há uma percentagem significativa de crianças e jovens. A freguesia orgulha-se de receber uma média de 10 novos moradores por mês.
Sendo a sede de concelho está bem servida de equipamentos desportivos e culturais e mantém com todas as coletividades da freguesia uma relação salutar e de interação cultural. É exemplo disso a parceria existente no mais importante certame da freguesia, a Feira de S. Brás, em que todas as Associações são chamadas a participar.
É a freguesia que promove mais iniciativas culturais, desportivas, formativas e recreativas. Dispõe de um Gabinete de Inserção Profissional que procura dar resposta aos pedidos de emprego e de formação.
A obra mais importante que conta realizar no próximo ano será a reposição dos bancos e mesas de madeira e barreiras de protecção junto à capela de S. Pedro de Castro que arderam no incêndio de outubro.
O principal sonho é conseguir verbas para dar melhores condições à zona fluvial da Bairrada.

Na Internet:
https://www.jf-ferreiradozezere.pt/
https://www.facebook.com/Freguesia-de-Ferreira-do-Z%C3%AAzere-890141847673483/






História

Em 1191 D. Sancho I doou a sua herdade de Orjães a Pedro Ferreira, besteiro do rei e homem de modesta condição, que se teria distinguido por actos de bravura e heroísmo na defesa de Montemor-o-Novo. Porém, por volta de 1206, parte desta herdade seria adquirida por Pedro Alvo, pretor de Tomar, que aí vem a fundar a povoação de Águas Belas.
Em 1222, tendo alargado consideravelmente o seu território rústico por meio de compras e usurpações, Pedro Ferreiro lançaria as bases de um pequeno concelho rural, dando carta de foral aos povoadores da sua herdade de Vila Ferreira. Posteriormente, esta Vila foi unida, no ano de 1285, a um reguengo do termo de Abrantes, constituindo-se um concelho com termo em Villarey, a que ficou subordinado o de Ferreira. O conjunto, por volta de 1306, seria doado aos Templários e, posteriormente, em 1321, após a fundação da Ordem de Nosso Senhor Jesus Cristo, vem a constituir uma das novas comendas instituídas no termo de Tomar.
A 12 de Março de 1513, o rei D. Manuel atribui Foral Novo à Vila de Ferreira, que assim se vê desmembrada de Vila de Rei, passando a deter, a partir de então, forca e pelourinho próprios. Por esta altura, era comendador de Ferreira o Frei Gonçalo da Silva, ao qual se seguiria, em 1551, Manuel de Abreu de Sousa e depois o comendador João Mendes de Carvalho, o qual viria a falecer a 17 de Setembro de 1615. A partir de 1715, a comenda de Ferreira passa a pertencer ao Conde de Sarzedas e, muito mais tarde, já em 1820, é eleito como último comendador da Vila o Conde de Almada.
Na sequência das reformas administrativas de Passos Manuel, a partir de 6 de Novembro de 1836 o concelho de Ferreira do Zêzere passa a englobar os termos das antigas freguesias de Águas Belas, Areias, Beco, Chãos, Dornes, Paio Mendes e Pias.
A VILA E A FREGUESIA DESDE TEMPOS MAIS REMOTOS De acordo com o "Diccionario Chorographico de Portugal Continental e Insular", de Americo Costa, edição de 1938, Vol VI, pág 707, a freguesia de S. Miguel de Ferreira do Zêzere é composta dos seguintes lugares: Aderneira, Bairrada, Bairradinha, Cabeça do Carvalho, Cabeça Dura, Cabeçadeira, Cardal, Carril do Chão da Serra, Carvalhal, Casais, Casal d'Além, Casal da Cruz, Casal da Rainha, Castanheira, Castelo, Cerejeira, Chão da Serra, Cubo, Fonte de Ferreira, Fonte da Prata, Fonte do Sanguinho, Levegada, Linhares, Maxial, Maxieira, Moinho do Vento, Pardielas, Pombeira d'Além, Pombeira de Cá, Portinha, Porto Tomar, Quinta do Loureiro, Ribeira, Salgueiral, Sanguinheira, S. Pedro, Vale da Figueira, Vale dos Sachos, e Vimeiro.
E integravam ainda a freguesia a Quinta do Adro e a Quinta Nova.
No Sábado 6 de Agosto de 1306, D. Dinis deu aos templários o senhorio e padroado da igreja da vila de Ferreira ("villa ferreyra"). E dez dias depois Andreu Peres, porteiro de El-rei, fazia entrega da vila de Ferreira, "em riba de Ozezar" (do lado de cima do Zêzere), ao alcaide de Tomar.
Ficou portanto a vila de Ferreira, até aí pertencente à Coroa, pertencendo à Ordem do Templo, e assim temos quase todo o actual concelho de Ferreira do Zêzere pertencendo à Ordem de Cristo [à excepção do morgadio de Águas Belas] - António Baião, id, 17 e 18.
Apesar da designação de vila, Ferreira continuava subordinada a Vila de Rei e tanto assim que os juízes, eleitos pelos moradores do "lugar" de Ferreira, iam prestar juramento à câmara de Vila de Rei, e das suas decisões havia recurso, em primeira instância, para os juízes de Vila de Rei e destes para o ouvidor do mestrado.Era esta a organização judiciária da área de Ferreira no princípio do século XVI.
Em 1517, porém, os juízes de Ferreira não estiveram pelos ajustes e recusaram-se a ir prestar o seu juramento a Vila de Rei, o que provocou acesa demanda entre os moradores das duas localidades. Chegou essa demanda ao ouvidor do mestrado, mas quem lhe pôs termo foi el-rei D Manuel I, antes de julgada, determinando que a partir de então Ferreira tivesse forca e pelourinho, desobrigando por isso os seus juízes de irem prestar juramento a Vila de Rei - António Baião, op refª, p 116.
Na Terça-feira 5 de Julho de 1362 [1400 da era de César], o mestre da Ordem de Cristo D. Nuno Rodrigues (ou Andrade - noutros docs), lançou a primeira pedra para uns paços que mandou edificar em Ferreira "…quando reinava en Portugal o muy nobre Rey dom pedro o primeiro" - inscrição que constava nos mesmos paços do concelho aquando da elevação de Ferreira a vila por D. Manuel em 1517 - António Baião, op cit, 31/32.
In: Wikipédia






domingo, 3 de dezembro de 2017

JSD de Ferreira do Zêzere tem nova equipa

Realizaram-se este fim de semana as eleições na Juventude Social Democrata de Ferreira do Zêzere.
Fábio Santos deixou a Presidência, cargo que ocupava desde outubro de 2012 e foi eleito João Marmelo como novo Presidente da JSD. É Vice-Presidente Júlio Magalhães.
Bom trabalho para esta nova equipa.
Que fomentem o espírito crítico e a convicção política nos nossos jovens.



Banco Alimentar em Ferreira do Zêzere

Este domingo continua a decorrer mais uma campanha de angariação de alimentos para o Banco Alimentar Contra a Fome.
Em Ferreira do Zêzere há vários supermercados que aderiram à iniciativa que tem o apoio da Câmara Municipal, Agrupamento de Escuteiros de Ferreira do Zêzere e alunos da Escola Pedro Ferreiro.


Domingo


Neste domingo, o Evangelista Marcos, no seu Capitulo 13, Versículos 33 a 37, apresenta-nos como palavra central um verbo; Vigiar. 
É uma exortação muito importante que Jesus ilustrou com uma pequena parábola - um homem partiu de viagem, deu plenos poderes aos seus homens atribuindo a cada um a sua tarefa e mandou que o porteiro vigiasse. 
S. Marcos aplica esta parábola aos membros da sua comunidade e chama-lhes a atenção para a vigilância, na expectativa da vinda do Senhor Jesus. 
Sim, o Tempo de Advento é um tempo de vigilância, de espera ativa. Porém, o Evangelista lembra-nos que o Senhor virá de noite, e por isso, é necessário vigiar e não adormecer. Mas, porquê de noite? É que as festas dos primeiros Cristãos eram celebradas durante a noite, às primeiras horas da madrugada. A noite é o símbolo da nossa vida, porém o Cristão não pode adormecer, nem entregar-se a adultérios, vinganças e violências. Tem que ser filho da luz e não filho das trevas. 
O dono da casa, na parábola, é Jesus, que partiu para o Pai. Cada um de nós, os servos, somos chamados a exercer um serviço em favor dos irmãos. 




Pedimos-Te Senhor, neste primeiro domingo do Advento, o Dom da Vigilância. Que tenhamos olhos bem abertos e se a nossa vida decorre muitas vezes na escuridão e nas trevas, que essa luz nos ajude a discernir; e nas rotundas da vida, sem sinalética, a descobrir a saída certa que a Tua palavra, os Teus valores e os Teus critérios nos sugerem. 
Não nos deixes Senhor ficar confusos na vida. Tu és Caminho, Verdade e Vida.

D. Francisco Senra Coelho

In. Rádio Renascença

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Formação em poda e enxertia em Areias

A União das Freguesias de Areias e Pias relembra que continuam abertas as inscrições para a ação de formação intitulada “Poda e Enxertia em Fruticultura”, a ser realizada na sede da UFAP, em Areias.
Ação: Poda e Enxertia em Fruticultura
Nivel II: Para formandos com habilitações inferiores ao 9º Ano
Data Prevista: Novembro/Dezembro
Duração: 50H (Horário Pós Laboral – 2 a 3 vezes por semana)
Horário: Semana (18h30 às 22h30) – Sábado (09h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00)
Numero de Formandos: 18
Ativos Empregados: 85%
Desempregados com inscrição no Centro de Emprego: 15%, ou seja, em 18 formandos podem constar 3 formandos desempregados, no entanto deverão apresentar habilitações iguais ou superiores ao 12º ano.
 Documentos necessários:
- Ficha de Inscrição (em anexo)
- Fotografia tipo passe
- Fotócopia do BI/CC
- Fotocópia do Cartão de Contribuinte
- Documento Comprovativo das Habilitações Literárias
- Curriculum Vitae resumido
- Comprovativo/Declaração da situação face ao emprego/desemprego
Nota: A ação de formação não tem custos uma vez que é financiada pelo POISE