domingo, 22 de março de 2015

Domingo

A palavra tem um rosto, Jesus!


Neste quinto domingo da Quaresma, o Evangelho apresenta-nos o pedido dos Gregos anónimos: Queremos ver Jesus.
Neste pedido encontramo-nos como a sede que existe no coração de cada homem de ver e conhecer o mistério da vida: Jesus Cristo.
Ver Jesus, não é apenas uma curiosidade, mas um verdadeiro desejo de conhecer e de acreditar, como nos ensina Bento XVI: agora a palavra tem um rosto, que por isso mesmo podemos ver: Jesus de Nazaré.
Jesus responde ao desejo dos que o desejam conhecer com uma parábola que ilumina inteiramente o sentido da sua vida. Ele é como o grão de trigo lançado à terra para dar fruto, o fruto é descrito seguinte modo: quando for elevado da terra, atrairei todos a Mim. Da morte do grão nasce o fruto. Para Jesus viver é dar a vida.
Senhor, durante toda a Tua existência terrena, procuraste em cada palavra e em cada gesto tornar o homem livre de todas as opressões, dotá-lo de dignidade e dar-lhe vida em plenitude. Concede-nos a graça de vivermos com alegria o mesmo espirito de dádiva de vida que por nosso amor assumiste. Que no Teu amor aprendamos a amar, pois só encontra a plenitude da vida que por amor oferta a sua vida.
Cresce em nós Senhor.

Padre Senra Coelho (in: www.rr.sapo.pt)