quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Arcos gigantes e flores de papel

Em novembro de 1957 a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima percorreu as freguesias do concelho de Ferreira do Zêzere. 
E foi recebida em festa pelos nossos antepassados. Muitos ainda se lembram do trabalho desenvolvido nos principais acessos e à entrada dos adros das igrejas.
Contam que todas as noites se reuniam para fazer flores de papel. E fizeram muitas, para enfeitar os grandes arcos de madeira.
Nas paróquias aproveitaram o momento para realizar as festas de Profissão de Fé e Crisma das suas crianças e jovens.
Aqui ficam algumas imagens do Ramal de Ferreira do Zêzere e do adro de Águas Belas, assim como de uma pagela oferecida à população.
São algumas ideias para a reunião de hoje do Conselho Pastoral com o objetivo de preparar esta visita.

Agradecimento às senhoras Clara Rodrigues e Maria Emília Pires pela cedência dos documentos.