quinta-feira, 29 de maio de 2014

Ti João comemora hoje 60 a vender gelados e castanhas








Foi na Festa de Quinta-Feira da Ascensão de Areias, Quinta Feira da Espiga, que o Sr. João Roberto vendeu o primeiro gelado a 50 centavos e contou ao Região do Zêzere como começou o negócio. Vídeo registado em 2013.
PARABÉNS!




Versos para o Ti João

No dia nove de maio
Quase seis décadas já lá vão
Já se comiam gelados
Vendidos pelo senhor João.

O senhor João Roberto
Foi uma pessoa sem medo
Fez sempre gelados bons
Mas qual será o segredo?

É produto artesanal
E que tem vários sabores
Para meninos e meninas
Pra poetas e doutores.

Também vendia tremoços
Cozidos e demolhados
Mas ficou mais conhecido
Pelas castanhas e gelados.

No Verão vende gelados
No Outono castanhas assadas
Quentes e boas diz ele
Com água-pé bem regadas.

Também foi um operário
Doutras artes sim senhor
Todo o trabalho é digno
Sendo feito com valor.

Venha lá esse gelado
Tirado mesmo do fundo
O gelado do senhor João
É o melhor deste mundo.

E quando o calor aperta
Naqueles dias de Verão
A criançada em fila
“um gelado senhor João”.

Senhor Roberto diz a sorrir
Querem gelados à maneira
Venham cá ao pé de mim
Não esquecendo a carteira.

Quero um gelado bem quente
Eu estou cheio de pressa
Tio João responde logo
O que tu queres é conversa.

Está brincando comigo
Segue lá o teu caminho
Mas como sou bom rapaz
Toma lá um geladinho.

Também te dava a castanha
Mas só a vendo gelada
Isto anda tudo ao contrário
Eu já não percebo nada.

Lá vai fazendo pela vida
Que já é um pouco alta
Mas quando ele falhar
Ainda vai fazer falta.

É um grande Ferreirense
Que teve artes tamanhas
Muita saúde, um abraço
Para o João das castanhas.


Adélia Bimbas, 9 de Maio de 2013