quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O nosso Zêzere foi hoje notícia. Uma morte e um salvamento

Hoje a Barradinha e o Maxial foram notícia no Correio da Manhã e no Jornal de Notícias, respetivamente.

A primeira notícia envolve um militar da GNR que salvou uma turista na zona da Bairradinha, Ferreira do Zêzere.

"GNR evita morte de turista no rio
Um militar da GNR de Tomar salvou uma mulher, de 44 anos, de se afogar na zona da barragem de Castelo do Bode. Nelson Santos estava com o colega a fazer a habitual patrulha, na praia fluvial da Bairradinha, em Ferreira do Zêzere, quando se apercebeu de uma mulher que se afogava, na água da barragem, a cerca de dez metros da margem.

Não pensou duas vezes: atirou-se à água fardado. E conseguiu salvá-la.

O acidente aconteceu na tarde de segunda-feira. A vítima, residente no Canadá, estava numa zona deserta da praia e nadava em direção à filha, que tinha conseguido chegar a uma ilhota, no meio da água. Mas faltou-lhe a força e começou a sentir-se em dificuldades. Nelson Santos e o colega de equipa na GNR, Décio Silva, aperceberam-se disso. "Ela não se estava a aguentar e vi logo que tinha de fazer alguma coisa senão acontecia o pior", relatou ontem Nelson Santos ao CM.

Tirou apenas as botas e atirou-se à água, nadando com dificuldade, devido ao peso da farda molhada. Enquanto o fazia, o outro militar chamou a atenção de outras pessoas que se encontravam do outro lado da praia. Uma delas acabaria por se atirar também à água e ajudar o militar da GNR a sair com a vítima.

A mulher estava ali a passar o dia com a família. Depois de retirada da água, acabou por recuperar e não necessitou sequer de receber cuidados médicos.

Nelson Santos admite que a sua intervenção foi importante para evitar um desfecho trágico da situação. Mas o militar garante não se sentir um herói. "Fiz o que qualquer pessoa faria na minha situação", afirma.

Ana Ferreira, frequentadora assídua daquela praia fluvial, conta que as pessoas descuram os hábitos de segurança. "Como não há ondas, nem corrente, facilitam. Mas a água da barragem é muito perigosa", adverte."

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/gnr-evita-morte-de-turista-no-rio-004953163

Segundo o Jornal de Notícias, na região do  Maxial, Ferreira do Zêzere, esta madrugada um carro ligeiro caiu ao Zêzere. Um jovem de 24 anos morreu e outro ficou ferido.
"Um jovem de 24 anos morreu e um outro ficou ferido, num despiste de automóvel, esta madrugada de quarta-feira, em Ferreira do Zêzere.
O acidente ocorreu cerca das 4.15 horas em Maxial, no concelho de Ferreira do Zêzere, no norte do distrito de Santarém, quando a viatura em que seguiam os dois jovens se despistou numa ravina, tendo caído ao rio e ficado submersa numa zona com dois a três metros de profundidade.
O comandante dos Bombeiros Voluntários de Ferreira do Zêzere, Rui Patrício, explicou à agência Lusa que o alerta foi dado para o 112 por uma mulher que mora a poucos metros e se apercebeu do barulho provocado pelo despiste.
Quando os bombeiros chegaram ao local, uma estrada de terra batida que em algumas zonas passa mesmo ao lado da albufeira de Castelo de Bode, o jovem de 20 anos já tinha conseguido sair do carro, mas o outro ocupante estava ainda dentro da viatura, tendo sido necessário acionar equipas de mergulhadores dos bombeiros de Constância e Cernache do Bomjardim.
Segundo fonte da Proteção Civil, os jovens residiam na zona de Leiria e estavam em Ferreira do Zêzere para participarem na festa de aniversário de uma colega que estava a acampar a cerca de um quilómetro da zona onde ocorreu o acidente.
No local estiveram ainda os bombeiros de Ferreira do Zêzere, a GNR e a viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Médio Tejo, num total de 20 homens, apoiados por nove veículos."
http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Santar%E9m&Concelho=Ferreira%20do%20Zezere&Option=Interior&content_id=3391006