terça-feira, 5 de março de 2013

Carlos Mata preso por 20 anos


Segundo o jornal Correio da Manhã

"Carlos Mata, o ex-treinador de futebol do Ferreira do Zêzere, foi ontem condenado a 20 anos de prisão pelo homicídio do seu melhor amigo, João Perisco. Mesmo com o cadáver ainda por localizar, o Tribunal de Tomar não teve dúvidas de que o arguido assassinou a sangue-frio e de forma planeada a vítima, quando esta lhe exigiu o pagamento de uma dívida. "Há um rasto de sangue que vai ter às suas mãos", disse o presidente do coletivo de juízes, Nuno Gonçalves, ao arguido, censurando-lhe o facto de nunca ter mostrado arrependimento, de ter mentido ao tribunal e de não revelar onde está o corpo de João Perisco.
Para o condenar, o tribunal valorou as provas obtidas pela PJ, que encontrou sangue da vítima nas luvas, roupas e no carro do homicida, no facto de ter sido apanhado na posse dos dois telemóveis de João Perisco, e na confissão do crime, que acabou por desmentir no julgamento.

Os factos remontam a 24 de abril de 2012, quando ambos se encontraram na zona industrial de Tomar, onde trabalhavam, e entraram no carro do arguido, que o parou num local isolado onde agrediu e asfixiou até à morte a vítima. Carlos Mata escondeu depois o cadáver num local ainda não apurado pelas autoridades."

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/apanha-20-anos-por-matar-amigo-010428190