quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Igreja de Areias volta a ser de Pias



A anexação de parte da freguesia de Pias à Freguesia de Areias proposta nas sessões de esclarecimento sobre a reforma administrativa pelo Presidente da Câmara  Municipal de Ferreira do Zêzere, poderá fazer regressar  o passado destas gentes da nossa terra. Senão vejamos o que refere António Baião no seu livro "A vila e concelho de Ferreira do Zêzere".

“… a igreja da freguesia de Pias era a de Santa Maria das Arenas, cuja visitação se fez em 1504. Por ela se vê que parte d’esta igreja tinha sido mandada fazer pelos fregueses, e a ousia (capella-mór) por D- Manoel I…” pag. 61
… “Em 1510, nova visitação se fez à igreja paroquial das Pias, mandando então o visitador fazer a sacristia” a igreja tinha “boas toalhas de Flandres para os dias de festa, um baptistério, um par de missaes e uma estante para o côro.
Apesar destas inovações a igreja de Santa Maria das Arenas tinha de ser reformada, e em 1548 João de Castilho, o celebre architecto biscainho tão notável pelas obras da Batalha, Jeronimos e Convento de Christo, dava parte a el-rei D. João III de que Miguel de Arruda não tinha tido tempo para ver a igreja das Pias, o que a João de Castilho fazia diferença, pois para a concluir necessitava de dinheiro e portanto que D. João III a mandasse ver e avaliar.”
“… conta-nos Carvalho da Costa qie D. João III, passando no lugar das Pias, e tendo-se agasalhado nas pousadas de Jeronimo de Sousa, filho de Christovam de Sousa, tão satisfeito ficou com a sua recepção, que, por alvará de 25 de Fevereiro de 1534, erigiu em villa a povoação de Pias e a Jeronimo de Sousa fez capitão mór d’ella.”
“…Differentes motivos levaram D. João III a fazer esta mercê:
Por um lado o incommodo dos habitantes das Pias em irem a Thomar às audiências e procissões, e por outro o dispêndio que lhes fazia a administração da justiça por causa de pagamento dos caminhos aos respectivos officiaies e tabeliães. Alem d’isso, o logar estava acrescentado em povoação e muito mais o ficaria se D. João III concedesse a mercê que, no dizer da carta, lhe não havia sido requerida.
O logar das Pias foi pois feito villa, apartado e desmembrado da villa de Thomar, sendo-lhe dado como termo toda a freguesia de Santa Maria das Areias…”