quarta-feira, 15 de agosto de 2012

SOLENIDADE DA ASSUNÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA



 Promessas

Nossa Senhora do Pranto
Tu, que em Dornes és rainha,
dá-me quem desejo tanto,
p'ra senhor da vida minha!
Eu te prometto dois cirios
maiores que o meu amor,
mais uma c'roa de lyrios
p'ra te enfeitar teu andor.
Desde a rua à frontaria
subirei sem descançar,
de joelhos, a escadaria
que me leva ao teu altar.
Se bem dizes minha escolha
eu prometto dar-te o véo
de sêda, novinho em folha,
todo azul, da côr do céo!

Minha trança hei de cortar
dos meus sedosos cabellos,
inveja d'este logar,
que nenhuma os tem mais bellos...

E prendo-a com branca fita
na parêde d'azulejos,
quando Tu, Virgem bemdita,
satisfaças meus desejos.
Dia e noite, um mez, accesa
Tua lampada terei,
pra que me allunie a resa,
que as Trindades resarei.

Por Jesus crucificado,
tudo eu te juro fazer,
se o meu q'rido conversado
não mudar de parecer!

Sempre, sempre... sinto medo
não vá n'outra achar encanto...
se descubro tal segredo,
ai de mim!... Virgem do Pranto!

P'ra bem longe me agoiro!...
mas se eu sei que me trahiu,
dou-te, crê!... minha cruz d'oiro,
e depois...deito-ne ao rio.


A. Keil